A carreta do Projeto Mais Leitura itinerante está fazendo sucesso na Região dos Lagos. Depois de passar por Cabo Frio, Armação dos Búzios e Arraial do Cabo, a carreta chegou na última quarta-feira (2) a Iguaba Grande, onde fica até o fim do dia de hoje (4).

Em Araruama, a carreta ficará nos dias 7, 8 e 9 de Outubro. Depois retornará para Armação dos Búzios para participar da Feira do Livro de Búzios. Em Saquarema, o Mais Leitura itinerante estará no Terminal Rodoviário de Bacaxá, de 14 a 16 de Outubro.

Criado em 2011 com o objetivo de democratizar a cultura com a venda de livros a preços populares, o Projeto Mais Leitura, da Imprensa Oficial do Estado do Rio de Janeiro, ganhou a versão itinerante em agosto, quando foi apresentada em cerimônia para os editores parceiros, no Aterro do Flamengo.

A carreta climatizada, que vai visitar todos os municípios do estado do Rio de Janeiro, é capaz de transportar até 10 mil livros. Personalizada com as logomarcas do Projeto Mais Leitura e do governo do estado do Rio de Janeiro, a carreta expande-se e vira uma “loja móvel”, com expositores, computadores, balcão e acesso aos portadores de necessidades especiais.

A estreia do Mais Leitura itinerante foi em Manguinhos. Após ficar estacionada na comunidade durante sete dias, a carreta se despediu no dia 6 de setembro da área pacificada, contabilizando uma média de 2.100 visitantes. A iniciativa disponibilizou aos moradores da região cerca de 1.500 títulos de diversas temáticas. A carreta passou também por Vassouras, onde vendeu mais de 6 mil livros.

O Projeto Mais Leitura, que atualmente conta com quatro agências fixas, instaladas nos Poupa Tempo do Shopping Grande Rio, em São João de Meriti, no Bangu Shopping, no Shopping São Gonçalo, e no Bay Market, em Niterói, é um sucesso. Tanto que já ultrapassou a marca de 1 milhão de livros vendidos e 300 mil cidadãos atendidos.

Este ano, o projeto fez a sua estreia na Bienal do Livro do Rio, de 29 de agosto a 8 de setembro. O estande de 100 metros quadrados no Pavilhão Verde, no Riocentro, disponibilizou centenas de títulos, ofertados ao preço fixo de R$ 2,50.

Mais de 40 editoras abastecem as estantes da unidade itinerante e das agências fixas com livros técnicos, grandes clássicos da literatura, romances policiais, economia, história, biografias, autoajuda, entre outros gêneros.

O slogan do projeto, “Dentro de um livro, a gente encontra mais que histórias. Encontra cidadania” resume a importância da democratização do acesso à leitura.